Aumentos na comercialização de vinho ‘Madeira’

RAM é principal impulsionadora destes valores em Portugal

De acordo com as estatísticas fornecidas pelo IVBAM - Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira, I.P, 2018 foi um ano de aumento significativo de comercialização de vinho generoso “Madeira”. Foram produzidos cerca de 3,4 milhões de litros resultando em 19,2 milhões de euros em receitas de primeira venda. Comparativamente a 2017 houve um aumento de 4,6 % na quantidade e 0.5% no valor.

Ainda face a 2017, no mercado nacional foi registado um aumento de 1,5% na quantidade e 4,1% no valor, consequência do aumento de vendas feitas na Região Autónoma da Madeira, que rondaram, em 2018, os 3,9 milhões de euros. As vendas da Madeira foram, de facto, o maior impulsionador destes valores, atendendo que Portugal Continental mostrou um decréscimo de 21,2% em quantidade e de 5,9% em valor.

Quanto ao mercado fora da união europeia, registou-se aumentos de 7,5% nas quantidades vendidas, e também nas vendas, de 4,2 %.

Na União Europeia os valores aumentaram 4.5% nas vendas, e diminuição 3,8 % na primeira venda.
A França destaca-se como principal mercado, onde foi possível observar aumentos de 26,5% e de 31,6 % nas quantidades e valor, respetivamente.

Relativamente a reduções registadas, assinala-se o mercado britânico, que reduziu 30,2 % e 39,8% em quantidades e vendas, e o mercado alemão com quebras de 28,7% no volume vendido e - 34,1 % na receita gerada.

A China, por sua vez, evidencia-se como o terceiro melhor mercado extracomunitário, registando um crescimento de 32,7 % na quantidade e de 47,9 % na primeira venda. Em contrapartida, o principal mercado de vinho Madeira, os EUA, reduziram as importações, em volume (-3.4 %) e em valor (-8,9%).

Canadá e Suíça mostraram aumentos relativamente a 2017, em quantidade e valor.

Do total vendido, 76.1 % diz respeito a vinho engarrafado, vendido a 6,68 euros por litro (média), valor inferior ao comercializado em 2017. A restante parte do vinho foi vendida a granel a um preço de 2,63 euros por litro (média) – menos 0,05 euros/litro que em 2017.