A nova morada do Espaço 116

A nova casa da iniciativa cultural será “um laboratório de criação” para as artes.

O Espaço 116 reabre portas hoje, dia 14 de fevereiro, pelas 20:00 horas, para a inauguração da nova morada: o nº 51 da Rua Latino Coelho. Um novo ciclo para o projeto que coleciona mais de 100 eventos culturais.

Passando pela poesia e pintura, o evento de inauguração conta com várias iniciativas. A exposição “Entubados”, de Carina Mendonça, uma “Visita guiada pelas salas e poemas do novo espaço 116”, com a participação dos atores do Teatro Bolo do Caco e de elementos do “Bem, a Poesia” e uma instalação multimédia de Jose Zyberchema.

Segundo a organização, o Espaço 116 assume-se como “um laboratório artístico de desenvolvimento de ideias e competências” e materializa-se através de uma casa degrada dinamizada pela arte e cultura.

Surgiu em Abril de 2012, no nº 116 da rua de Santa Maria, que deu nome ao projeto, tomou continuidade no nº 28 da Rua dos Barreiros e agora renasce no nº 51 da Rua Latino Coelho. Atualmente gerido por Fátima Spínola, Jose Zyberchema, Xavier Miguel e Jorge Ribeiro de Castro, o espaço é também “sede e casa” dos Mad Space Invaders, para o grupo Teatro Bolo do Caco e para os projetos “Bem, a Poesia” e Photobook Club Madeira.