Teobaldo: uma cerveja com toque a Boal

A nova cerveja da Vilhoa nasceu de uma colaboração com a Justino’s Madeira Wines e a Oitava Colina.

A distribuidora Vilhoa tem agora mais uma cerveja na sua longa lista. Trata-se da Teobaldo, uma Belgina Triple, com uma forte ligação ao vinho Madeira.

Lançada no início de dezembro, a nova cerveja do grupo madeirense foi envelhecida seis meses em barricas de vinho Madeira da casta Boal de 1999 e é o resultado de uma parceria com a Justino’s Madeira Wines e a Oitava Colina. “Só com as três empresas a bordo foi possível explorar uma vez mais os limites do sabor e criar a Teobaldo”, refere a Vilhoa em comunicado.

Esta é quarta cerveja do grupo com um ‘toque’ a vinho Madeira. A Teobaldo junta-se agora à Falstaff (Sercial), Bardolfo (Verdelho) e Plantageneta (Malvasia). A acompanhar o lançamento da nova bebida, a empresa apresentou um pequeno documentário que ilustra o trabalho dos últimos quatro anos da produção.

“O documentário exibirá um pouco do processo de produção da cerveja, resumindo sobretudo a colaboração que resultou em quatro cervejas exaltadoras do espírito craft português em geral e o terroir madeirense em particular”, lê-se no documento enviado às redações.

O nome foi inspirado pela personagem de Romeu e Julieta, de Shakespeare. Teobaldo é primo de Julieta e filho bastardo do pai de Romeu. Na história, é morto num duelo com Romeu. Trata-se de “uma história sobre a inevitabilidade e esta cerveja celebra isso também”.

Desta cerveja de “alto teor alcoólico e robusto corpo”, foram produzidos 1200 litros.